quarta-feira, 2 de novembro de 2011

Domado

Domado pela cria
Que inventaste para ti mesmo
Afastou-nos de Deus
e ao pó nos atirou
- Ó mundo em perene revolução, nascimento e morte! -
Tu me fizeste caminhar
ao longo da deserta alameda
rumo à cerca de assassinos.
Foi tudo tua culpa
Homem,
acorrentado à fragilidade
dum corpo mutante e de pecado.
Agora digo,
fomos cosumidos pelo vazio
que inunda o vazio.
Somos filhos inconscientes,
fizemos o proibido,
criamos nossa perdição.
Domados pela cria,
puxados para o escuro;
Elevamos o conhecimento do bem e do mal
acima do conhecimento divino.

2 comentários:

  1. Nice introduction to the doctrine of sin...

    ResponderExcluir
  2. Aninha, impressionante a sua forma de expressar a queda... Menina, vc é fera!!!!!

    ResponderExcluir